Qual a importância das certificações para se capacitar e ter mais chances na gestão em TIC?

As certificações em TIC são itens essenciais para a ocupação de cargos importantes ou promoções no setor, pois o profissional, ao adquiri-las, além de credenciado por institutos e fabricantes reconhecidos globalmente, se qualifica como especialista na tecnologia.

Inclusive, o especialista vem assumindo um papel crucial para as empresas, sobretudo por dois fatores: o crescimento nos investimentos em tecnologia e o alto nível de qualificação requisitado a partir das implementações — fator este deficitário no Brasil.

O profissional, por sua vez, ciente do valor que as certificações agregam ao currículo, comumente tem dúvidas sobre o tipo de certificação a obter, considerando seus objetivos na carreira.

Com objetivo de saná-las, falaremos sobre os tipos de certificações disponíveis (amplas e específicas) em TIC e, também, elencaremos 5 delas que são relevantes no mercado.

Tipos de certificações em TIC

Começando pelas certificações amplas, elas são acreditadas por instituições representativas, as quais visam credenciar o profissional como especialista em tecnologias diversas, independentes de fornecedores.

A específica, por sua vez, diz respeito a tecnologias específicas de fabricantes. Por exemplo, as certificações Huawei, uma das maiores fornecedoras de TIC no mundo, habilitam o profissional a trabalhar especificamente com as suas soluções.

Sendo assim, por qual tipo de certificação optar? Vejamos, a seguir, alguns critérios para a escolha.

Como escolher a certificação certa

As certificações amplas, por serem isentas, tendem a proporcionar mais oportunidades, principalmente em relação à Segurança da Informação e gestão de TIC.

No entanto, supondo que a ideia seja aumentar a sua relevância dentro da empresa para se tornar um gestor, você pode focar seus estudos nas tecnologias que ela utiliza em sua infraestrutura.

 Logo, vale a pena se atentar acerca de:

  • qual é a demanda do mercado;
  • quais são as necessidades da sua empresa;
  • a valorização da certificação; e
  • o quanto ela agrega ao seu perfil.

Sabendo disso, vejamos algumas certificações de alta relevância na atualidade.

5 certificações em TIC requisitadas no mercado

Conforme prometido no início do artigo, vamos listar as certificações em TIC que estão em alta no mercado e podem contribuir para o alcance de cargos ligados à gestão.

Cisco – CCNA e CCNP

As soluções Cisco são largamente reconhecidas em todo o globo e compõem várias infraestruturas de TIC corporativas. Portanto, dominar a tecnologia dessa grande fornecedora pode representar ótimos avanços na carreira.

A certificação CCNA (Cisco Certified Network Associate), ideal para quem possui conhecimento básico sobre redes, credencia o profissional a lidar com protocolos de endereço de rede (TCP/IP), computação em nuvem, QoS (Quality of Service), VPN (Virtual Private Network), entre outras tecnologias.

Por sua vez, a certificação CCNP (Cisco Certified Network Professional) habilita o profissional a construir redes corporativas, desde a fase de planejamento à solução de problemas e manutenção.

Huawei – HCNA e HCNP

A carreira Huawei visa atender a demanda do mercado pelo domínio de conhecimento integrado, multidisciplinar e de padrão evoluído, representado pela nuvem, Internet das Coisas e mobilidade. A certificação HCNA (Huawei Certified Network Associate) é, basicamente, a porta de entrada para a especialização.

Por meio da certificação HCNA, o profissional aprimora seus conhecimentos básicos, como protocolos, roteamento e manutenção de ambientes de rede, a partir de dispositivos Huawei (roteadores, switches, firewall, etc.).

A obtenção da certificação HCNP (Huawei Certified Network Professional) exige níveis de conhecimento avançados em rede. Com ela, a Huawei habilita o profissional para implementar redes corporativas de alta performance.

CompTIA – Linux+

A demanda por profissionais de TI capacitados para administrar sistemas Linux é constante, visto que boa parte dos ambientes de rede corporativos é gerenciada via Linux. Nesse sentido, a certificação CompTIA Linux+, neutra quanto à distribuição, é fundamental para a capacitação.

O profissional certificado CompTIA Linux+ é capaz de criar estações de trabalho, utilizar a linha de comando, executar tarefas de manutenção e backup, instalar e operar múltiplas distribuições Linux, entre outras funções.

As certificações em TIC mencionadas são algumas das opções que você tem para preencher as maiores lacunas do mercado, seja pela influência das fabricantes, seja pelas demandas por profissionais capacitados em tecnologias amplas.

Para receber novos artigos como esse com a comodidade das redes sociais, siga-nos pelo Facebook, LinkedIn e/ou Twitter.

Posts relacionados

Deixe um Comentário