4 principais certificações em tecnologia da informação e comunicação

Os profissionais de tecnologia da informação estão em alta demanda. Os salários de profissionais com certificações em tecnologia da informação são, muitas vezes, superiores aos de outros de TI, mas como saber qual é a certificação mais eficaz e lucrativa no campo de carreira?

Pela primeira vez, as cinco empresas mais valiosas do mundo são todas empresas de tecnologia. O mercado de tecnologia da informação continua a moldar o mundo que nos rodeia de maneiras sempre interessantes e, às vezes, inquietantes.

As empresas do setor de TI enfrentarão formas crescentes e potencialmente novas de pressões competitivas, enquanto as que estão no caminho certo terão a oportunidade de explorar avanços em áreas como realidade virtual, inteligência artificial, análises avançadas, a internet das coisas e, inevitavelmente, alguns avanços inesperados.

E as certificações de TI são uma excelente opção para ajudar a avançar nesse mercado. Se você está em busca de desenvolvimento profissional ou novas habilidades, as certificações podem auxiliá-lo a se tornar um funcionário mais valioso e competitivo, com habilidades importantes.

Afinal, o que são as certificações em tecnologia da informação?

Uma certificação em TI é uma designação que demonstra a competência de um profissional em um certo aspecto da tecnologia. As certificações seguem frequentemente alguma avaliação, educação ou revisão. Uma diferença com as certificações em TI é que, muitas vezes, são específicas do fornecedor.

O antigo debate em TI é o valor das certificações versus experiência. Alguns argumentam que as certificações são inúteis, outros dizem que são um requisito absoluto, dado o rápido ritmo de mudança na indústria.

No final, a maioria provavelmente concordaria que as certificações podem percorrer um longo caminho para abrir as portas — e enquanto a experiência é sempre a coisa mais importante, a certificação pode ajudar a promover uma carreira por três razões fundamentais:

  • aumento de credibilidade: mostrará que você tem a experiência e as habilidades necessárias para efetivamente criar, projetar, gerenciar e manter um ambiente de TI;

  • melhora em sua visibilidade: as certificações quase sempre lhe darão uma vantagem sobre profissionais de TI não certificados;

  • desenvolvimento pessoal e profissional: pode ajudá-lo a cobrir novas áreas, além de reforçar as habilidades que você já tem. Encare isso como um curso de atualização que pode ajudá-lo a identificar e superar suas áreas problemáticas.

Pensando nisso, separamos quatro certificações de destaque. Continue a leitura!

1. Oracle Certified Professional Advanced PL/SQL

O Oracle Certification Program é um programa de certificação profissional da Oracle Corporation. Três níveis de certificação são oferecidos em várias disciplinas, a saber: Oracle Certified Associate (OCA), Oracle Certified Professional (OCP) e Oracle Certified Master (OCM).

O programa de certificação Oracle PL/SQL foi projetado para garantir o conhecimento e a proficiência para desenvolver sua carreira como especialista na construção de aplicativos de internet centrados em bancos de dados.

O exame Oracle Certified Professional oferece um conjunto completo e integrado de ferramentas de desenvolvimento de aplicativos com suporte a qualquer abordagem de desenvolvimento, plataforma de tecnologia ou sistema operacional.

No entanto, para obter sua certificação do Oracle PL/SQL, você deve, antes, passar em qualquer um dos seguintes exames:

  • Oracle Database 12c SQL 1Z0-071;

  • Oracle Database 12c: SQL Fundamentals 1Z0-061;

  • Oracle Database 11g: Fundamentals SQL I 1Z0-051;

  • Oracle Database SQL Expert 1Z0-047.

2. Cisco Certified Internetwork Expert

É uma certificação de nível associado e assegura aos empregadores que você é capaz de instalar, operar e configurar redes corporativas. Os profissionais certificados por ela também podem detectar e resolver problemas comuns de rede.

Essa é uma certificação fantástica para quem deseja uma carreira voltada para infraestrutura. Com ela, você também tem as opções de especialização em redes de segurança, voz ou wireless.

O exame inclui tópicos sobre fundamentos de rede, conexão com WAN, segurança básica e conceitos wireless, roteamento e mudança de fundamentos, os modelos TCP/IP e OSI, endereçamento IP, operações e configurações de dispositivos iOS, RIPv2, roteamento estático e padrão, implementação NAT e DHCP e configuração de redes simples.

As empresas podem se beneficiar com o fato de os profissionais da tecnologia ganharem proficiência na administração de equipamentos da Cisco, como demonstrado pela obtenção dessa certificação.

A certificação da Cisco é um forte credenciamento para profissionais de tecnologia com alguns anos de experiência buscando crescer e melhorar suas habilidades de rede.

3. Project Management Professional (PMP)

O Project Management Institute (PMI), uma organização sem fins lucrativos que atua como uma associação líder de membros para profissionais de gerenciamento de projetos, é que mantém o exame PMP.

A certificação mede os conhecimentos de gerenciamento de projetos de um candidato, validando habilidades e conhecimentos necessários para planejar, executar, orçar e liderar um projeto de tecnologia.

À medida que as organizações enfrentam condições econômicas difíceis, as habilidades comprovadas com gerenciamento do tempo, precificação e gerenciamento de projetos serão cada vez mais importantes.

No espaço tecnológico, os profissionais de PMP certificados são, frequentemente, os responsáveis ​​pela gestão de equipes e tarefas focadas em TI — especialmente grandes projetos como implantações de hardwares e softwares ou integrações de aplicativos, mas também monitoramento contínuo — bem como projetos de desenvolvimento.

Os titulares de PMP são contratados para garantir que esses esforços sejam feitos não só no prazo, mas também dentro do orçamento.

4. Certificado em Controle de Sistemas de Risco e Informação (CRISC)

A certificação CRISC é administrada pela Associação de Auditoria e Controle de Sistemas de Informação (ISACA), e obtê-la não é complicado.

Os cursos não são necessariamente uma necessidade, uma vez que um indivíduo só deve passar no exame administrado.

Para se qualificar para fazer o exame, você deve ter pelo menos cinco ou mais anos de experiência comercial e pelo menos três anos de experiência trabalhando na área de controle de riscos e sistemas de informação.

Se você tem esse tipo de experiência, trabalhando na área, pode candidatar-se para fazer o teste, que dura quatro horas. Uma vez que o exame for aprovado, o indivíduo deve, então, solicitar a certificação com os resultados dos testes demonstrados.

Existem três níveis diferentes de certificações, que vão juntas para completar a certificação ISACA. O primeiro nível é voltado para profissionais de TI que trabalham em um nível operacional e com mitigação de riscos.

O segundo é CRISC, para profissionais de TI que projetam, mantêm e implementam controles IS. O terceiro é direcionado para profissionais de TI em matéria de segurança e conformidade.

Quer saber mais sobre certificações em tecnologia da informação e dicas de desenvolvimento profissional? Então assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

 

Posts relacionados

Deixe um Comentário